Alegria para os retos de coração

Jaden HayesA luz semeia-se para o justo, e a alegria para os retos de coração. Salmos 97:11

Louvai ao SENHOR. Bem-aventurado o homem que teme ao SENHOR, que em seus mandamentos tem grande prazer.Salmos 112:1

Às vezes algumas histórias nos surpreendem por cauda da superação dos envolvidos.

Jaden Hayes, de Savannah, na Geórgia, perdeu seu pai quando tinha apenas 4 anos de idade. Algumas pessoas que passaram por tal infelicidade devem imaginar o sentimento dessa criança. Mas seu infortúnio não termina por aí, em julho de 2015, dois anos depois, sua mãe faleceu inesperadamente, dormindo.

Jaden, com 6 anos hoje, conta como tentou ajudá-la no momento da morte: “Eu tentei, tentei e tentei acordá-la, mas não consegui.” E completa: “Qualquer pessoa pode morrer, qualquer um.”

Pessoas normais deixariam a tristeza entrar no coração e perderiam sua razão de viver. O que uma criança de 4 anos pode esperar do seu futuro sem a presença de um pai e uma mãe?

O exemplo desse menino é inspirador. Após algumas semanas de luto e Jaden surpreendeu. Disse que estava cansado de ver todo mundo triste o tempo todo. E ele tinha um plano para mudar isso.

Naquele dia, Jaden pediu à tia Barbara que comprasse muitos brinquedos pequenininhos, e o levasse ao centro da cidade onde moravam, para que ele pudesse distribuí-los às pessoas.

“O que você está tentando fazer?” Perguntou sua tia, responsável pelo menino.

“Eu estou tentando fazer pessoas sorrirem, com meus patinhos, dinossauros…”, ele disse.

O seu objetivo é fazer com que pessoas que não estejam sorrindo sejam transformados por seus presentes. A cada tentativa ele consegue cumprir sua missão. Às vezes, as pessoas até choram… mas de alegria, quando aquele pequeno garotinho diz: “Estou tentando lhe fazer sorrir!”

Jaden é órfão de pai e mãe, porém a paternidade de Deus se faz presente, dando-lhe força e um propósito de vida. O pequeno distribui seus brinquedinhos sem esperar nada em troca, apenas um sorriso. Seu objetivo é fazer milhões de pessoas sorrirem.

Sua missão não é fácil, o mundo está recheado de tristezas, pessoas em todos os cantos da terra têm motivos para se entristecer. Ele sabe que não conseguirá concertar toda a tristeza do mundo. Esse menino encontrou um propósito de vida.

É impossível não pensar sobre nossa vida: Qual o seu objetivo de vida? Quantas pessoas fez sorrir? Quantas vezes lutou com alegria contra a tristeza? Que a alegria do Senhor seja vista por todos ao nosso redor. Precisamos ser sal e luz nessa terra, exemplo para os tristes de coração.

O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei. Salmos 28:7

Deixe uma resposta