Não espere uma ocasião especial…

Tenham cuidado com a maneira como vocês vivem; que não seja como insensatos, mas como sábios, aproveitando ao máximo cada oportunidade, porque os dias são maus. Portanto, não sejam insensatos, mas procurem compreender qual é a vontade do Senhor. (Efésios 5: 15-17)

Hoje ao acordar, fui questionada pela a minha mãe por nunca ter usado a cartela de adesivos dos meus cadernos do colegial, porém, eu sorri, lembrei e disse rapidamente enquanto gargalhava e ficava vermelha de vergonha: “A gente não usava os adesivos, por que, separava para uma ocasião especial. Era motivo de tanta briga, mas, ninguém usava os adesivos e se roubasse os adesivos uns dos outros, era soco e chute ate devolver.” E agora, mais de 15 anos depois, os cadernos existem, as letras, as lições, as recordações daquela época, os tais adesivos ,porém, intactos e nunca usados na tal ocasião especial, que nunca chegou ou ate nunca existiria, de fato. Afinal, que momento seria o mais adequado e especial para usar a cartela de adesivos dos cadernos personalizados, se não fosse o período e ano, no qual estivesse usando aquele caderno?!

Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que ele trará. (Provérbios 27:1)

Analisando esse contexto, e também o do versículo mencionado, pude perceber que por muitas vezes, cometemos esse mesmo “erro” ou até desperdício, rs. Esperamos o momento perfeito para estrear aquela roupa, mas, devido a pandemia, esse momento já passou e talvez, você nem caiba ou ate pior, nem goste mais daquela roupa nova. Ou, guardamos dinheiro para o carro perfeito, o tempo passa, mil imprevistos surgem e no fim das contas, nem foi tirado a habilitação, ou seja, foi em vão… Outras vezes, não usamos o sapato preferido para não estragar, mas, no fim das contas, estragou por não usar e falta de manutenção ao guardá-lo, e etc. Enfim, poderia citar mil situações, que provavelmente você se identificaria ou ate mesmo, você se encaixou e está passando por exatamente isso agora. São tantos planos, bens, dinheiro e metas que são separadas para uma ocasião especial, que nem chega acontecer e, se perde as oportunidades no caminho, ou se torna tarde demais.

Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora; Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar; Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz. (Eclesiastes 3:6,8)

Todos os dias, Deus nos dá a oportunidade de aproveitar o nosso tempo, de amar as pessoas a nossa volta, de compartilhar bênçãos e milagres, mas, as vezes, por estarmos tão focados na perfeição das ocasiões, acaba-se perdendo as chances, acaba-se não vendo o que se estava em baixo do próprio nariz. A ocasião certa é sempre o dia de hoje! Não deixe de amar e nem de valorizar e aproveitar tudo aquilo que Deus te dá, dia após dia em sua vida. Viver é uma dádiva! No tempo em que se estamos vivendo, não desperdice roupas, sapatos, comida, coisas, makes, palavras, ações e sonhos. Não deixe o tempo passar, aproveite tudo já, pois, as coisas costumam ter tempo de validade e as pessoas, mudam. Pare de desperdiçar.

Assim que tenho visto que não há coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras, porque essa é a sua porção; pois quem o fará voltar para ver o que será depois dele? (Eclesiastes 3:22)

Post anterior
A Semana da Minha Vida: um musical Cristão feito para a juventude
Próximo post
Memorial de Páscoa

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Menu