O tempo de Deus e os Seus desígnios…

Respondeu Jesus: “Você não compreende agora o que estou lhe fazendo; mais tarde, porém, entenderá”. (João 13:7)

Essa passagem se refere ao ato de Jesus lavar os pés dos discípulos, antes de Sua morte na cruz, marcando e simbolizando a comunhão dEle. De inicio, os discípulos não entenderam o significado daquele ato, entretanto, depois, quando Jesus se foi, identificaram a importância e a simbologia. Com isso, percebe-se que nem sempre se entende imediatamente o agir de Deus em nossas vidas, mas que no tempo certo nos é relevado Seu amor.

Aplicando em uma situação particular e em cotidianos da vida…

Durante a minha adolescência toda, eu sabia que queria cursar Educação Física Licenciatura devido a minha paixão em estar rodeada com crianças, mas, que no vestibular, reprovei 2 vezes, mesmo me dedicando tanto. Depois disso, por imaturidade, segui uma outra direção, cursei administração. E recentemente, me formei em Educação Física Bacharel por ter me identificado com a área de musculação, treinamento funcional  e corrida. Nunca entendi o porque de não passar na faculdade naquela época, e porque quando tive chance, optei em bacharelado, rs. Mas, ao ter acesso ao conteúdo de Licenciatura através de uma amiga, pude perceber que foi desígnios de Deus, pois, não me identifiquei com a metodologia de ensino em escolas. Me vi enlouquecida, só de imaginar, mas, na época fiquei revoltada por essas reprovações. Hoje, agradeço por tamanho o livramento, por que Deus fez lá trás algo, que só fui capaz de entender agora, depois de tantos anos e tempo.

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu. (Eclesiastes 3:1)

Para refletir…

Deus preparou bênçãos e livramentos em todas as áreas de nossas vidas. Ele preparou o melhor, mas, por diversas vezes, não estamos prontos para entender o porquê, o que aconteceu e até qual o propósito dEle. Às vezes, Deus nos dá um “não”, ou um “talvez, é melhor você esperar!”, ou um “sim”… Mas, nada é feito em vão. Pode ate soar confuso e esquisito em diversas situações, porém, confie no cuidado de Deus sobre você!

Se é o dom de servir, então devemos servir; se é de ensinar, então ensinemos; se é o dom de animar os outros, então animemos. Quem compartilhe com os outros o que sabe e têm, faça isso com generosidade. Quem tem autoridade, que use a autoridade com todo o cuidado. Quem ajuda os outros, que ajude com alegria. (Romanos 12:7‭-‬8)

Post anterior
Desenvolva e exerça seu dom e talento!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Menu