Posts recentes

O poder do perdão!

Aqueça o Coração!

Contribuir com o blog Confia no Senhor

Marcos 11, 25 – E quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, para que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados“.

Dentre todos os ensinamentos das Escrituras, a instrução para perdoar os que nos ofendem é uma das mais difíceis de obedecer. A tendencia humana é agarrar-nos à ofensa, cuidar de nossas feridas e guardar ressentimentos. Ou, no minimo, nos desligarmos para sempre do individuo que originou nosso sofrimento, para não sermos mais feridos por ele.

Há ocasiões, como nos casos de abuso, em que a separação física é necessária. Quando um crime é cometido, a justiça e o perdão andam de mãos dadas. Devemos perdoar essa pessoa, independentemente do arrependimento dela. Nesse texto, Jesus se refere a nossa obrigação espiritual de perdoar uns aos outros por termos sido tão grandiosamente perdoadas por nosso Pai celestial. A recusa em perdoar revela que não compreendemos o nível de perdão que recebemos.

Perdoar não significa necessariamente esquecer. Podemos lembrar, mas decidimos não permitir que a lembrança nos amargure. Não repassamos a ofensa repetidamente em pensamento. Perdoar não quer dizer que o objeto da mágoa seja insignificante. Se fosse, não precisaria de perdão. Devemos, porém, lembrar que o ato de perdoar não exime a pessoa do erro; mas liberta você. Ao perdoar, você se liberta do peso de carregar a mágoa, o sofrimento e o ressentimento. Pode deixar tudo isso para trás e continuar sua vida.

Quando decidimos não perdoar, acabamos presas no passado e andando nas trevas (1 João 2, 9:11). Por não podermos ver claramente, tropeçamos confusas. Nosso julgamento é prejudicado e nossas ações são passíveis de erro. Ficamos fracas, doentes e amargas. A falta de perdão é notória e perceptível no rosto, em palavras e atos. As pessoas percebem, mesmo que não possam identificar especificamente o fato, e não se sentem confortáveis em nossa companhia.

A boa notícia é que, ao decidir perdoar, não somos as únicas beneficiadas; beneficiamos também aos que nos rodeiam. (Fonte: A Bíblia da Mulher que Ora – NVI)

O perdão não é um posicionamento muito fácil de se fazer, mesmo que sejamos filhos de Deus. Mas, é algo necessário a se fazer, porque nos deixa livre do passado e de todo o mal causado à nós.

Perdoar é algo muito difícil ser feito sozinho (a), por isso é precisamos orar e pedir que Deus nos ajude a perdoar e a nos livrar de todas as magoas e ressentimentos causados.

Se livre do passado, dos ressentimentos, das mágoas e das feridas simplesmente perdoando todos aqueles que te machucaram ou feriram.

By Karina Cherbaty

, , , , , , ,
Fé, oração e respostas de Deus…
Clame pelo tremor do Senhor…

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu