Os seus sentimentos te dominam?

Passado algum tempo, Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor. Abel, por sua vez, trouxe as partes gordas das primeiras crias do seu rebanho. O Senhor aceitou com agrado Abel e sua oferta, mas não aceitou Caim e sua oferta. Por isso Caim se enfureceu e o seu rosto se transtornou. O Senhor disse a Caim: “Por que você está furioso? Por que se transtornou o seu rosto? Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo”. Disse, porém, Caim ao seu irmão Abel: “Vamos para o campo”. Quando estavam lá, Caim atacou seu irmão Abel e o matou. Então o Senhor perguntou a Caim: “Onde está o seu irmão Abel? ” Respondeu ele: “Não sei; sou eu o responsável por o meu irmão? ” Disse o Senhor: “O que foi que você fez? Escute! Da terra o sangue do seu irmão está clamando. Agora amaldiçoado é você pela terra, que abriu a boca para receber da sua mão o sangue do seu irmão. Quando você cultivar a terra, esta não lhe dará mais da sua força. Você será um fugitivo errante pelo mundo”. Disse Caim ao Senhor: “Meu castigo é maior do que posso suportar. Hoje me expulsas desta terra, e terei que me esconder da tua face; serei um fugitivo errante pelo mundo, e qualquer que me encontrar me matará”. Mas o Senhor lhe respondeu: “Não será assim; se alguém matar Caim, sofrerá sete vezes a vingança”. E o Senhor colocou em Caim um sinal, para que ninguém que viesse a encontrá-lo o matasse. Então Caim afastou-se da presença do Senhor e foi viver na terra de Node, a leste do Éden. (Gênesis 4:3-16)

Essa passagem é intrigante e até bastante conciliável com a realidade do mundo, em que vivemos atualmente!

Caim se sentiu rejeitado por a sua oferta não ter sido tão digna quanto ao do teu irmão Abel. Ele foi consumido por sentimentos de raiva, de ódio, de inveja, de ciúmes e até de revolta, e mesmo sendo advertido pelo Senhor para tomar cuidado, foi lá, enganou Abel, o atacou e o matou, sem dó e sem piedade, no auge do momento, e também, sem pensar nas consequências de nada disso, infelizmente.

Para refletir e se identificar…

Já passei por inúmeras situações de rejeição na minha vida, em várias áreas… E quando isso me acontecia, tinha um fervor louco de sentimentos. Às vezes, era muita raiva, ou revolta, ou inveja, ou ciúme, ou até insatisfação por alguém ter sido escolhido ou mais qualificado, naquela situação. É, não consegui me controlar em todas as vezes, não agi certo como os meus pais e Deus me ensinou. Perdia o controle ou noção das coisas, e era agressiva e ate cruel em minhas palavras e atitudes, não nego, mas, por mais insano que tenha sido, os desconfortos gerados e tal, demorou, até aprender à perceber que era livramento da parte de Deus, quando recebia um “não”, por que lá na frente, Ele me abençoava com algo ou alguém melhor. E passar por tudo aquilo, fazia parte dos processos de preparação, de cura, de transformação e de crescimento dEle.

Acima de tudo, guarde o seu coração, pois dele depende toda a sua vida. (Provérbios 4:23)

Os seus sentimentos te dominam ou você domina-os?!

Ter domínio próprio e fazer a coisa certa, não é fácil, mas, agir por impulso é tão rápido e prático, não é?! Sei que é!! Já pensou se matássemos ou eliminássemos todos aqueles que ficassem em nosso caminho? Será que ainda existiram pessoas, se agisse sempre assim uns com os outros? Como você reage quando não é aceito/aprovado? Como se sente quando alguém próximo a você, conquista o que você tanto queria, mas, não conseguiu? Quem sempre vence nessa história… Os seus sentimentos impulsivos ou a sua consciência e paciência em Deus?…

Confie no Senhor de todo o coração e não se apoie na sua própria inteligência. (Provérbios 3:5)

Olha, como Deus é amoroso e misericordioso…

Caim se permitiu deixar os seus sentimentos falarem mais alto do que qualquer coisa! Ele agiu rápido, matou o seu irmão, eliminou a concorrência e pensou que com isso, tudo ficaria do jeito que queria e, venceria. Mas, o que aconteceu? Ele foi corrigido pelo o Senhor e teve que lidar com as consequências de tudo o que fez! Entretanto, o Senhor o guardou de todo o mal, não quis que os outros fizesse com ele, o que ele fez com Abel e continuou não aceitando a sua oferta e também, o seu coração. É, a sua oferta não havia sido aceita, não foi por que era uma oferta ruim, mas devido ao coração e a motivação de Caim, era isso que não estava certo e colocou tudo á perder. O coração de Caim foi enganoso, traiçoeiro… Assim como o nosso também é, em inúmeras situações na vida!

Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto. Quem poderá entendê-lo? (jeremias 17:9)

Espera pelo o Senhor, tem bom ânimo, e fortifique-se o teu coração, espera, pois, pelo Senhor. (Salmos 27:14)

A espera e a confiança em Deus nos traz recompensas e paz…

Algumas coisas, rejeições, perdas e “nãos” são necessários para o nosso crescimento em Deus… Tudo faz parte do plano dEle para cada um de nós! Não temos entendimento da visão dEle sobre nós, sobre as nossas vidas e sobre os Seus planos, mas, precisamos ter a confiança que Ele tem sempre o melhor para nós, e que nada é em vão, se não é benção, é lição, é tratamento, é preparação. Não podemos ter ou receber algo, sem estarmos prontos para viver e manter! De nada adianta conquistar do jeitinho que queríamos, mas, não ser capaz de preservar e cuidar…

Não fique chateado, quando algo ou alguém lhe for negado, mas, se sinta abençoado por Deus cuidar de você! A sua espera e confiança, traz alegria, satisfação e paz nEle, em todas as coisas.Não se desespere, se acalme, espere.

Faça do Senhor a sua grande alegria, e ele dará a você os desejos do seu coração. (Salmos 37:4)

Crie em mim, ó Deus, um coração puro. Coloque em mim pensamentos e desejos limpos e sinceros. (Salmos 51:10)

Meu filho, se o seu coração for sábio, o meu coração se alegrará. (Provérbios 23:15)

 

Post anterior
Dessa água não bebereis… Será?!
Próximo post
Deus não se importa?

Posts relacionados

Deixe uma resposta

Menu